HOTMART

Lomadee

TRADUTOR

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Como o chocolate é feito?

“Eu amooo chocolate. Sei que feito do cacau, mas eu não conheço um cacau pessoalmente. Queria saber qual a parte do cacau é usada pra fabricar o chocolate e como ele é feito. Adoro seu blog, entro todos os dias e queria saber por que você não publica posts todos os dias.” Melissa
Oi Mel. Desde que comecei o Diário de Biologia os posts são publicados a cada dois dias. Eu também gostaria de publicar todos os dias, mas tenho muitas outras atividades e postar diariamente, poderia comprometer a qualidade do trabalho. Mas temos muitos posts aqui (são mais de 500) e os leitores podem ler vários assuntos diferentes todos os dias!
Vamos ao chocolate, hummm!!!! Bom, o chocolate vem de uma planta chamada cientificamente de Theobroma cacao e popularmente conhecida como cacaueiro. Este vegetal é originado na América Central e Brasil. A árvore pode atingir até 6 metros de altura. Os frutos tem formato de ovo e pode medir de 15 e 30 centímetros e penduram-se nos troncos e ramos maiores. Cada fruta contém entre 30 e 50 sementes. Ao contrário do muitas pessoas pensam, o chocolate não é extraído da polpa do cacau e sim de suas sementes. Veja agora todas as fases de obenção do chocolate:
1- AMÊNDOA DO CACAU: A confecção do chocolate tem o seu início nas fazendas de cacau. Lá as amêndoas ou sementes dos frutos são retiradas. Elas são as principais matérias-primas do doce. Cada cacau possui de 20 a 50 sementes, com alto teor de gordura e água. Por isso, elas precisam secar ao sol durante oito dias.
2- TORRAR: Depois de secas, as amêndoas são levadas à fábrica e passam pela Máquina de torrefação. Lá acontece um processo de aquecimento que elimina toda a umidade e contribui para o desenvolvimento da cor, aroma e sabor.
3- TRITURAR: Em seguida as sementes são resfriadas e encaminhadas para o triturador, que retira a casca das amêndoas.
4- MOER: Depois de secas, as amêndoas são levadas à fábrica e passam pela máquina de torrefação. Lá acontece um processo de aquecimento que elimina toda a umidade e contribui para o desenvolvimento da cor, aroma e sabor.
5- PRENSAR: Em seguida, a massa passa pela máquina da prensagem, que separa o ingrediente em dois produtos: o primeiro é a manteiga de cacau que será reintroduzida na próxima etapa. A segunda é a torta de cacau. Parte dela é dissolvida e misturada ao açúcar para se fazer o chocolate em pó. A outra porção é resfriada e quebrada em tabletes, usados na fabricação do chocolate.
6- MISTURAR: Grandes misturadores homogenizam e transformam a mistura em uma pasta. Na produção do chocolate preto, a torta e a manteiga de cacau recebem açúcar e leite, formando a massa de chocolate tradicional. Já o meio amargo leva todos os elementos, menos o leite. E o branco é feito apenas com manteiga de cacau, açúcar e leite.
7- REFINAR: Todos os chocolates passam pelos cilindros de refinação, onde os cristais de açúcar da mistura são triturados e quebrados em pequenas partículas. É isso que deixa a textura do doce melhor e sua consistência mais mole. Nesse processo se determina a qualidade do chocolate.
8- CONCHAR: Aparelhos mantêm a massa em movimento, retirando a acidez e umidade do chocolate. Depois ele segue para um outro instrumento com o objetivo de fazer o doce passar por diversas trocas de temperatura. Nele, cristaliza-se a manteiga de cacau e deixa a pasta na consistência ideal para ser moldada.
9- PRODUTO FINAL: MOLDAGEM: A pasta de chocolate é colocada em fôrmas para que adquira o aspecto desejado. Nas barras crocantes são adicionados recheios de castanhas, de amêndoas ou flocos de arroz antes de encherem as fôrmas. Depois os chocolates são resfriados até ficarem sólidos e estarem prontos para a embalagem automática.
A “árvore de chocolate”!
O fruto ainda fresco, por dentro!
Depois de seco, fica assim!
————————————————-
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário