HOTMART

Lomadee

TRADUTOR

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Trança nos pêlos do cavalo

Uma aluna minha do pré me fez uma pergunta hoje e humildemente eu nunca tinha ouvido falar no assunto. eu fui atrás e descobri a respostas.

Isso me levou a criar o Respostas intrigantes do DJ:

Ela me perguntou se era verdade que os morcegos faziam tranças em cavalos?

Eu fui no site do Globo rural e descobri que realmente era verdade e servia para ele se pendurar enquanto se alimentava do sangue do eqüino. Só fazem isso os morcegos hematófagos, que se alimentam de sangue do cavalo. Adorei procurar essa informação que também me intrigou.

Vivo aprendendo.

Veja a reportagem do globo Rural:
Crina embaraçada

02.07.2006
Bruxa trança crina de cavalo? Essa é a pergunta do Rafael Mendes, de Rio Rufino, Santa Catarina. Os cavalos dele têm aparecido com os cabelos emaranhados, uma amarração tão confusa que às vezes ele é obrigado a tosar o animal. Os vizinhos dele dizem que isso é coisa de bruxa, mas ele não acredita e quer esclarecer o mistério.

Para certos fatos só mesmo buscando explicação no sobrenatural. Trançar cabelo é tarefa das mãos do homem, mais competência das mãos femininas, mas, vira e mexe, pelas fazendas afora aparecem cavalos, éguas com as crinas e rabos trançados sem qualquer resquício da participação humana.

No campus da USP em Pirassununga, há cavalos e éguas com as crinas trançadas. Quem ajuda a desvendar esse enigma é um veterinário especialista na criação de cavalos, Alexandre Gobesso.

“Certamente, quem faz isso é um mamífero de hábitos noturnos, são os morcegos hematófagos."

“É fácil identificar que embaixo desta trança ou emaranhado há pequenos ferimentos, furinhos. Para poder fazer a ingestão de sangue, ele precisa se pendurar em alguma estrutura. Então ele se pendura na crina, no topete ou na calda. Tanto que os ferimentos são sempre próximos desses lugares. Enquanto ele está pendurado sugando o sangue, ele fica mexendo as pernas e faz o emaranhado de fios. O morcego tem o hábito de voltar sempre nos mesmos animais e lamber na mesma ferida, por isso às vezes o emaranhado fica muito grave, porque não é uma noite somente, são várias noites seguidas de ataque ao animal. Fica um verdadeiro nós e muitas vezes é preciso cortar a crina para desfazer esse nó”.

O professor mostra ao programa uma outra égua que foi atacada várias vezes. Tiveram que tosar a crina e ficou cheia de cicatrizes nas feridas. “Além do prejuízo visual e econômico, por ter que cortar crina e ficar com falhas, existe o risco de transmissão de raiva e para controlar a presença do morcego existem algumas pomadas que são utilizadas e que podem diminuir a população de morcegos. Além da vacinação contra raiva, se for indicado para a região”.

Esclarecido o mistério então. Se o cavalo ou a égua aparecer com a crina trançada é sinal que tem morcego hematófago na região.

Vale lembrar que, nas regiões indicadas, a vacinação contra a raiva deve ser feita pelo menos uma vez por ano, como prevenção.

Fonte: Globo rural

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Por favor,me passa o link do vídeo sobre esses morcegos fazendo a trança na crina dos cavalos.Preciso muito desse vídeo.Por favor.

    ResponderExcluir
  2. Professor, com todo o respeito, acho lamentável usar a Rede Globo como referência para repassar às crianças...
    Essa Rede Esgoto mente sem escrúpulos por qualquer ibopezinho a mais!
    O morcego hematófago não é idiota, ele fica imóvel enquanto lambe o sangue da vítima, e não fazendo tricô! (imagens em http://www.youtube.com/watch?v=oFAjf_kwwg0&NR=1&feature=endscreen)
    O senhor acredita que um cavalo deixaria um morcego pendurado ao seu rabo fazendo uma trança?
    Sugiro a leitura do artigo http://guardafogo.blogspot.com.br/2011/08/morcego-um-mamifero-mal-compreendido.html
    Aí sim é pesquisa...
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peço que acesse: http://www.academia.edu/25961440/Desmitificando_os_morcegos, página 17, onde o mesmo cita: "(...) através da observação de morcegos hematófagos que, ao visitarem cavalos para se alimentar de seu sangue, acabavam embolando a sua crina."
      Sou fã de morcegos E de cavalos e, realmente, eles podem fazer essas tranças nas crinas dos cavalos (nunca na cauda como vc realmente citou).
      Claro, pode ser também pelo ato de se coçar contra um mourão ou cerca! É necessário checar se existe algum ataque de morcego hematófago no animal e se há ocorrência na região :)
      Outro trabalho interessante que cita os nós nas crinas dos equídeos: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000442795&fd=y Onde ele escreve: "(...)Quando os morcegos atacam
      eqüídeos na região do pescoço, próximo à crina, embaraçam-na com semelhança a uma trança."
      É isso!
      ABRAÇOS!
      Liura.

      Excluir