HOTMART

Lomadee

TRADUTOR

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Boto Cor de Rosa (Em Extinção)


 
(Inia geoffrensis)

 

  O animal mais fofinho, meigo e lindo do mundo
Há mais de cinco milhões de anos, golfinhos nadaram através do Oceano Atlântico até o Rio Amazonas. O boto cor-de-rosa já foi a mais bem-sucedida espécie de golfinho, mas agora ele corre perigo. O projeto The Preservation of the Amazonian River Dolphin (PARD) está trabalhando com as comunidades locais para proteger os últimos remanescentes destes golfinhos, e assegurar sua existência para as próximas gerações.
Com seu bico comprido, olhos minúsculos e ausência de espinha dorsal, o boto cor-de-rosa é uma criatura enigmática que vive no coração da Bacia Amazônica. Ninguém sabe o que confere essa coloração tão incomum a estes golfinhos. Talvez sejam os vasos sangüíneos capilares próximos à superfície da pele, ou certas substâncias químicas presentes na água.
Boto Cor-de-Rosa
Nas últimas décadas, a pesca ilegal e os encontros fatais com redes de nylon reduziram drasticamente a população do boto cor-de-rosa. A comunidade local, que sempre viveu em harmonia com os botos, começou a matá-los por crenças supersticiosas.

O projeto PARD funciona desde 1986, e desde então trabalha com as comunidades ribeirinhas para assegurar a sobrevivência do boto cor-de-rosa. Ele ajudou a estabelecer uma cooperativa de 10 vilas, que vendem artesanato local. Com os benefícios trazidos por turistas e pesquisadores, a comunidade agora vê o boto como um recurso precioso que deve ser protegido. O PARD também oferece outros serviços à população, como atendimento médico e melhoria do sistema de esgotos.


O PARD estabeleceu a primeira reserva para os botos cor-de-rosa em uma área de proteção de 1.600 hectares. Também trabalha com as autoridades para deter o desmatamento, e patrulha os rios para prevenir a pesca ilegal.

Ninguém sabe quantos botos cor-de-rosa ainda restam. Mas devido ao programa de conservação PARD, os botos aumentaram de oito para 45 indivíduos em 18 anos, na região de Yapara.

Boto, nome dado aos golfinhos da região amazônica. Eles são os únicos mamíferos completamente aquáticos da Amazônia.
NOME COMUM: Boto, mas, também é usado como Bouto ou Boutu.
NOME CIENTÍFICO: Inia geoffrensis
NOME EM INGLÊS: Pink Dolphin
OUTROS NOMES: Golfinho do Rio Amazonas; Boto cor-de-rosa; Bufeo; Tonina; Golfinho rosa; Toninha rosa; Boto-vermelho

FILO: Chordata
CLASSE: Mammalia
ORDEM: Cetacea
FAMÍLIA: Platanistidae
TAMANHO: 1,8 a 2,5 metros
PESO NO NASCIMENTO: mais ou menos 7 quilos.
PESO ADULTO: 85 a 160 quilos

 
Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Coloque este portal nos seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo , gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Há um motivo para que os cetáceos desdentados terem dois espiráculos? edrofil@ig.com.br

    ResponderExcluir