HOTMART

Lomadee

TRADUTOR

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Odor Corporal ou Bromidrose

O termo odor corporal refere-se aos odores exalados pelo corpo devido à acção de bactérias, como por exemplo a halitose. Pode-se referir mais especificamente aos odores provenientes do suor através do termo bromidrose, que se refere à secreção de suor que se torna mal-cheirosa graças à decomposição de bactérias que propicia, como é o caso do chulé, por exemplo. Contudo, doenças e alimentação também podem alterar os odores corporais.

Bromidroses

Existem dois tipos de bromidrose: a écrina e a apócrina. Não têm relação com cheiro de corpo, são enfermidades diversas. As glândulas apócrinas situadas no tecido adiposo axilar secretam ácidos graxos que possuem cheiros característicos. Para curar a bromidrose apócrina deve-se procurar um cirurgião plástico e fazer a retirado do tecido adiposo. Não se deixem levar pela conversa de dermatologistas,cujas receitas na maioria dos casos só pioram o odor.Para quem não tem condições de fazer a cirurgia, uma boa opção é utilizar cloreto de alumínio a 10%, e só se banhar com sabonetes sem perfumes. As camisas também devem ser lavadas com detergentes em pó sem hidróxido de sódio e sem perfume na fórmula.

Fonte: Wikipédia

Bromidrose (cecê, chulé)

O que é?

Bromidrose é o suor com cheiro desagradável, que ocorre nas axilas ou nos pés. A causa é a atuação de bactérias presentes nestas regiões sobre o suor, provocando o odor característico.

Manifestações clínicas

A manifestação clínica é o odor fétido exalado por estas regiões do corpo após situações que provoquem a sudorese. Nos pés, podem acompanhar o quadro a maceração (aspecto esbranquiçado da pele) ou descamação da pele.

Tratamento

Para evitar a bromidrose, as orientações abaixo devem ser seguidas:

  • Lavar os locais afetados, ensaboando bem e dando preferência a sabonetes antissépticos
  • Secar bem a pele após o banho, especialmente entre os dedos dos pés
  • Trocar as roupas e meias diariamente
  • Evitar o uso de tecidos sintéticos, dando preferência ao algodão
  • Preferir calçados abertos
  • Colocar os calçados no sol e mantê-los sempre limpos
  • Evitar deixar a pele úmida por muito tempo
  • O tratamento visa diminuir a população bacteriana nos locais afetados e, assim, controlar sua atuação sobre a secreção sudoral.

Pode ser feito com o uso de produtos sob a forma de talcos, sprays ou cremes contendo antibióticos e outras substâncias que dificultam o crescimento das bactérias. Em caso de excesso de suor, a hiperidrose, pode-se associar substâncias anti-transpirantes. Para a indicação do produto mais adequado, deve-se procurar o médico dermatologista.

Fonte: Dermatologia.net
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário