HOTMART

Lomadee

TRADUTOR

sábado, 15 de setembro de 2012

Cebolinha (Allium schoenoprasum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Como ler uma caixa taxonómicaCebolinha
Ilustração de Otto Wilhelm Thomé
Ilustração de Otto Wilhelm Thomé
Classificação científica
Reino:Plantae
Clado:Angiospermas
Clado:Monocotiledóneas
Ordem:Asparagales
Família:Alliaceae
Género:Allium
Espécie:A. schoenoprasum
Nome binomial
Allium schoenoprasum
L.
Allium schoenoprasum, conhecido popularmente como cebolinha, cebolinha-francesa ou cebolinho em Portugal, é uma planta originária daEuropa.[1]
É uma planta vivaz que se desenvolve em tufos muito densos. Apresenta folhas verde escuras, roliças, que atingem no máximo 30 cm de altura. Em junho cobrem-se de flores rosa-pálido semelhantes a pompons. Estas flores devem ser imediatamente retiradas para que as novas folhas possam rebentar. As folhas frescas têm um agradável e suave sabor a cebola, sendo especialmente utilizadas cruas em saladas, em pastas de queijo fresco e também em pratos de ovos e queijo. O cebolinho é também muito apreciado no molho tártaro.[2]
É muitas vezes confundido com o Allium fistulosum, também chamado de cebolinha, que é uma planta de origem asiática muito utilizada na cozinha do extremo Oriente.[3]

Plantio

Recomenda-se dar um espaçamento por metro linear plantado de 0,20 x 0,10 cm, aplicando entre 0,5 gramas de sementes á 0,6 por m².
Germina no prazo de seis a catorze dias, conforme o local e método de plantio. O solo deve ter textura média e ser bem drenado, podendo ser plantado o ano todo. Atinge cerca de 0,2 m de altura, e pode ser colhida após um prazo médio de três a quatro meses, após a semeadura. Usa-se suas folhas como condimento.
Nota: Este pode referir-se à espécie Allium fistulosum(?).

Uso

Culinária

  • Usa-se os talos em saladas de verduras e de batatasomeletes e vários outros pratos com ovos. Podem ainda ser salpicados em sopas, batatas assadas, purê de batata ou servidos crus na decoração de pratos.

Referências

  1.  Allium schoenoprasum factsheet, from Kemper center for home gardening, retrieved on June 13, 2006
  2.  Gräslök, from Den virtuella floran, retrieved on June 13, 2006
  3.  Chives, from homecooking.about.com, accessed on June 13, 2006

Cebolinha pelo Abecedário Vegetal

Allium schoenoprasum
Allium schoenoprasum
A cebolinha é muito semelhante à cebola. A vantagem é que em qualquer cantinho de jardim, quintal, num vaso, em pouco tempo se consegue um perfeito substituto da cebola. É igualmente rica em componentes nutritivos, é mais digestiva e tem doses de vitamina A e de cálcio em maior quantidade.
A cozinha e a medicina macrobióticas preferem o uso da cebolinha, com o argumento de que ela não produz tantos gases intestinais quanto a cebola. Na cozinha ocidental, seu uso é muito variado: saladas, refogados, patês, molhos, sopas, risotos, farofas, enfim, qualquer prato a que se queira dar um gostinho ardente e levemente adocicado.
A cebolinha vai bem sozinha ou fazendo parte do chamado “cheiro-verde”. Normalmente se mistura a cebola e a cebolinha no mesmo tempero. Não há necessidade porque a parte branca da cebolinha é o mesmo que a cebola. Tudo bem misturar as folhas da cebolinha com a cebola.
Mas é aconselhável então usar a parte branca em pratos mais delicados, por exemplo, um suflê de legumes, um molho suave de salada, um recheio de tortinhas, de canelone. A observação, na prática, é a de que muitos organismos costumam reagir melhor ao uso da cebolinha do que ao da cebola. A escolha é sua.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário